Impulsionar
negócios.
Esse é o ponto.

Porque somos uma agência que se inspira na cidade de Curitiba, modelo em urbanização, sustentabilidade, design, inovação, criatividade, infraestrutura, dinamismo econômico, educação e qualidade de vida.

Postagens Recentes .

Titulo da Postagem.

Porque somos uma agência que se inspira na cidade de Curitiba, modelo em urbanização, sustentabilidade, design, inovação, criatividade, infraestrutura, dinamismo econômico, educação e qualidade de vida.

O Inbound Marketing teve origem em 2006, quando Brian Halligan e Dharmesh Shah fundaram a HubSpot, empresa norte-americana de softwares para automação de marketing, CRM e vendas.

Antes mesmo de 2006, já existia muita movimentação na internet, e a forma de comprar estava mudando drasticamente. Ninguém mais se dirigia a uma loja decidido a comprar algo sem antes fazer uma pesquisa online, como fazemos hoje.

E Brian Halligan observou que diversas startups estavam falhando no processo de vendas porque usavam técnicas ultrapassadas e que não conseguiam atingir o público certo, como listas de e-mails compradas e anúncios que interrompiam as pessoas.

Era preciso pensar em novas táticas para alcançar o público certo e crescer em vendas. Anúncios para públicos indistintos, propagandas de TV e rádio, banners em sites e outras formas de divulgação que interrompiam uma ação já não faziam mais tanto sentido. Por isso, os fundadores da HubSpot criaram o marketing de atração, que faz com que o público chegue até um produto de forma ativa.

Não é preciso dizer que a ideia deu certo, não é? Mesmo com a crise global de 2007 e 2008 e com a crise causada pela pandemia do coronavírus de 2020 para cá, diversas empresas cresceram em faturamento apostando na estratégia de produção e compartilhamento de conteúdo.

Hoje, a HubSpot segue crescendo com o Inbound, sobretudo por acreditar que aquilo que é bom para os resultados de uma organização também é bom para os seus clientes.  

 

Inbound Marketing x Outbound Marketing

Podemos falar do Outbound Marketing como uma forma mais intrusiva de anunciar. E a verdade é que se trata também da maneira mais antiga de fazer marketing, como a maioria das pessoas está acostumada desde sempre.

O Outbound envolve listas de e-mails compradas, como os spams, anúncios em rádio, televisão, sites e materiais impressos, ligações de telemarketing, estandes de vendas, outdoors, entre outros. Basicamente, estamos falando de uma comunicação de mão única: a marca manda o seu aviso a um público mais geral, sem estabelecer um diálogo.

Ou seja, as pessoas se tornam mais passivas no Outbound, que apresenta as seguintes características:

  • público disperso: um outdoor ou um anúncio de televisão atinge as mais diferentes pessoas. O Outbound não consegue delimitar quem é o alvo de suas divulgações;
  • comunicação de mão única: como dissemos, é a marca ofertando às pessoas, que apenas recebem as informações de maneira passiva;
  • não há engajamento: você não pode dar repost, compartilhar nem curtir as ações do Outbound;
  • métricas improváveis: é muito difícil, praticamente impossível, medir o alcance das ações dessas técnicas;
  • não existe relacionamento: marca e clientes não trocam informações nem conteúdos. Trata-se de uma relação de compra apenas;
  • custos mais altos: como atingem uma parte grande da população, sem muito foco, as ações de Outbound são mais caras;
  • interrupções constantes: ligações de telemarketing interrompem a rotina, assim como anúncios de TV suspendem um programa. É certo que, em muitos casos, a pessoa nem dá atenção a essas divulgações;
  • ações de curto prazo: um banner de site, um anúncio de televisão ou mesmo e-mails de spam têm uma duração mais curta, diferentemente de uma postagem evergreen em blog, que pode ser atualizada de tempos em tempos e gerar cada vez mais tráfego ao seu site.

Esse cenário se inverte totalmente quando falamos do Inbound Marketing, que permite que possíveis clientes cheguem à sua marca pelo simples fato de que você tem produzido conteúdos ricos em informação. Essas técnicas geram confiança e, de fato, um relacionamento.

Fale com a Kurytyba

Contato

Deixe sua Mensagem: